CFTV – Vídeo Monitramento

O fim dos CCDs

Evolução e Declínio da Tecnologia CCD em sistemas de CFTV – Vídeo Monitoramento

Podemos questionar quais seriam os motivos para essa redução, uma vez que a tecnologia CCD por mais de 20 anos alavancou um crescimento acelerado dos mercados de vídeo, incluindo o CFTV. Mas os principais motivos que podemos listar são:

– Sensores CCDs tem um custo de produção mais alto;
– Sensores CCDs apresentam um consumo de energia mais elevado que os CMOS;
– A produção de CCDs requer maquinário exclusivo para a produção de CCDs;
– Sensores CMOS podem ser fabricados com linhas de fabricação de semicondutores convencionais;
– Sensores CMOS possuem leitura individual por pixel, enquanto CCDs possuem leitura por registradores de deslocamento, que limitam a velocidade e leitura das informações;
– Sensores CMOS atualmente permitem obter resoluções mais altas;
– Sensores CMOS possibilitam a integração de outros componentes na mesma pastilha de silício;
– Entre outras.
Cuidado com informações desatualizadas
Muitos fabricantes e sites informam que câmeras com sensores de imagem com tecnologia CCD são melhores do que os com tecnologia CMOS, porém na maioria das vezes tratam-se de informações desatualizadas e escritas antes desta virada tecnologia ocasionada pela evolução da tecnologia CMOS.
Dessa forma é importante verificar que estas afirmações foram verdadeiras, mas deixaram de ser nos últimos anos. Reforçando mais uma vez a necessidade de reciclagem e contínuo aprendizado e revisão de conceitos.
Rumores; 
Em fevereiro de 2015 surgiram rumores de que a  princiSony,pal fabricante e desenvolvedora da tecnologia CCD, encerrará a produção de sensores de imagem com esta tecnologia em 2017. E em agosto de 2015 foram liberados relatórios que definem como 2025 a data de encerramento da produção dos CCDs.
As últimas tecnologias de sensores de imagem da Sony como as linhas STARVIS e EXMOR são baseadas em tecnologia CMOS, ao passo que a tecnologia CCD tem sido cada vez mais deixada de lado em termos de desenvolvimentos.
Este são mais alguns indícios de que a tecnologia CCD foi ultrapassada e em breve deixará de ser aplicada pelos fabricantes na maioria das aplicações de vídeo, incluindo os equipamentos de segurança eletrônica.
Conclusões
A tecnologia CCD foi essencial para o desenvolvimento de câmeras e dispositivos de imagem e evolução dos diversos tipos de tecnologias de mídias digitais atuais. Apesar de sua importância, como toda a tecnologia o CCD também teve seu ciclo de vida, onde a tecnologia nasce, se desenvolve e morre, quando é substituída por uma tecnologia com melhor custo-benefício ou maior qualidade. Porém, apesar do final de ciclo de vida da tecnologia CCD, seu legado e importância não podem ser deixados de lado, pois foram essenciais para a evolução e desenvolvimento de novas tecnologias como o CMOS e outras e o conhecimento da sua origem e características é fundamental para o entendimento do mercado de segurança eletrônica, linha de equipamentos e tecnologias atuais.
Se você é um daqueles defensores das câmeras CCDs e ainda acredita que elas são superiores e imbatíveis em comparação com câmeras com sensores CMOS, sugerimos repense seus conceitos e busque mais informações no mercado. Sugerimos também que faça testes com equipamentos atuais e tire suas próprias conclusões. Acreditamos que esta é a melhor forma de obter conhecimento e definir seus próprios parâmetros de qualidade para o que é melhor para as suas aplicações.